Fabricante nacional de pães resolve problemas de bolor com tecnologia Ecoquest

26 de março de 2024

No mundo da indústria alimentícia, a batalha contra microrganismos nocivos, como bactérias, vírus e fungos, é constante. Um dos desafios mais persistentes enfrentados por produtores de alimentos ricos em umidade, como bolos e panetones, é a prevenção do bolor. Tradicionalmente, essa luta tem dependido fortemente do uso de conservantes, mas uma abordagem inovadora vem mudando esse cenário, priorizando a saúde e a segurança dos consumidores.

Uma famosa fabricante nacional de pães e bolos, conhecida por seu compromisso com a qualidade e a saúde de seus consumidores, enfrentava o desafio de combater o bolor em seus produtos sem recorrer ao uso excessivo de conservantes. A resposta veio através da implementação da tecnologia ActivePure, um sistema avançado de descontaminação do ar que opera continuamente, 24 horas por dia, 7 dias por semana, garantindo um ambiente de produção praticamente livre de microrganismos.

 Como Funciona a Tecnologia ActivePure

ActivePure é uma tecnologia baseada em um processo de fotocatálise, que utiliza luz UV para excitar um catalisador de dióxido de titânio. Esta reação libera moléculas de peróxido de hidrogênio e outros oxidantes no ar, que são capazes de destruir bactérias, vírus, fungos e até mesmo VOCs (Compostos Orgânicos Voláteis) no ambiente. Importante destacar que, apesar de seu poderoso efeito antimicrobiano, a tecnologia é completamente segura para seres humanos, animais de estimação e plantas, pois as concentrações dos compostos liberados são extremamente baixas e seguras.

É melhor que filtro HEPA?

Os dois purificadores revelam diferenças significativas em termos de princípios operacionais, eficácia e aplicações. Ambas as tecnologias são essenciais para a purificação do ar, mas cada uma oferece vantagens únicas, especialmente quando consideramos a necessidade de ambientes com ar extremamente limpo, como em instalações médicas, laboratórios e indústrias alimentícias.

Filtro HEPA: Captação Física de Partículas

Os filtros HEPA (High Efficiency Particulate Air) operam com base em um mecanismo de filtragem física. Eles são capazes de capturar 99,97% das partículas aéreas com tamanho igual ou superior a 0,3 micrômetros (µm). Isso inclui poluentes como poeira, pólen, moldes, algumas bactérias e outros alérgenos. A eficácia dos filtros HEPA depende da chegada da partícula até o filtro. Enquanto isso não acontece, ela pode ser inalada por pessoas ou contaminar produtos.

Tecnologias Ativas de Descontaminação do Ar: Purificação Dinâmica

Por outro lado, tecnologias ativas de descontaminação do ar, como o ActivePure, vão além da simples filtragem física. Essas tecnologias não se limitam a capturar partículas; elas efetivamente neutralizam microrganismos (bactérias, vírus, fungos) e compostos orgânicos voláteis (VOCs) dispersos no ar, diretamente no ambiente. Sistemas como o ActivePure funcionam emitindo agentes de limpeza seguros no ar, que descontaminam inclusive as superfícies. Essa ação contínua permite não apenas a limpeza do ar que passa pelo dispositivo, mas também atua em todo o ambiente, oferecendo uma proteção mais rápida e abrangente.

Conservantes não são suficientes?

Os conservantes desempenham um papel importante na prevenção do crescimento de microrganismos, como bolor e bactérias, em alimentos. Eles ajudam a prolongar a vida útil dos produtos, mantendo a segurança e a qualidade durante o armazenamento e transporte. No entanto, confiar somente em conservantes para prevenir o crescimento de bolor na indústria alimentícia não é suficiente por várias razões:

  1. Eficácia Limitada: Conservantes são eficazes contra uma gama específica de microrganismos e em determinadas concentrações. Algumas cepas de bolor podem ser resistentes a certos conservantes ou requererem concentrações mais altas para serem inibidas, o que pode não ser seguro ou aceitável do ponto de vista regulatório ou sensorial (sabor, odor, etc.).
  2. Segurança Alimentar: O uso excessivo de conservantes pode levantar preocupações de segurança para a saúde dos consumidores. Regulações rigorosas limitam os tipos e quantidades de conservantes que podem ser adicionados aos alimentos, para garantir que sejam seguros para o consumo.
  3. Contaminação Cruzada: Conservantes podem não ser eficazes contra a contaminação cruzada que pode ocorrer durante a produção, embalagem, ou armazenamento, se boas práticas de higiene e manuseio não forem seguidas.
  4. Condições de Armazenamento: Condições inadequadas de armazenamento, como alta umidade e temperaturas favoráveis, podem promover o crescimento de bolor mesmo na presença de conservantes. Isso é particularmente relevante para produtos após a abertura, quando o controle ambiental é mais difícil.
  5. Preferências dos Consumidores: Existe uma tendência crescente entre os consumidores por alimentos com menos aditivos e conservantes artificiais. Isso pressiona a indústria a buscar métodos alternativos para preservar alimentos, como processos de embalagem inovadores e tecnologias de processamento que não dependam exclusivamente de conservantes.
  6. Diversidade de Produtos: Nem todos os alimentos podem ser efetivamente protegidos com conservantes. Alguns produtos podem ser sensíveis a alterações no sabor, cor ou textura devido à adição de conservantes, exigindo abordagens diferentes para a sua conservação.

Por esses motivos, uma abordagem integrada, combinando conservantes com outras medidas de controle, como o gerenciamento adequado da umidade e temperatura, higiene rigorosa, embalagens adequadas, e tratamento do ar, é necessária para prevenir eficazmente o crescimento de bolor e garantir a segurança e a qualidade dos alimentos.

Impacto na Produção Alimentícia

Ao adotar a solução Ecoquest de descontaminação do ar, a fabricante brasileira notou uma redução significativa na incidência de bolor em seus produtos, mesmo nos mais suscetíveis à umidade. Isso se deve ao fato de que a tecnologia não só trata o ar, mas também as superfícies onde os esporos de fungos podem se depositar.

 Conclusão

Este caso real ilustra como a inovação tecnológica, particularmente a tecnologia ActivePure, está revolucionando a indústria alimentícia. Ao focar em soluções que melhoram a segurança alimentar de maneira sustentável e saudável, marcas como essa não apenas atendem às exigências regulatórias e dos consumidores mas também pavimentam o caminho para um futuro onde alimentos seguros, de alta qualidade e com o mínimo de conservantes são a norma, não a exceção.

Logo Ecoquest

A Ecoquest

Somos uma empresa com ampla experiência em soluções para tratamento do ar interno e do ar de exaustão, construindo histórias de sucesso em diferentes segmentos do mercado.

Artigos Relacionados

Novo estudo mostra redução de 94% nos casos de COVID-19 com tecnologia ActivePure

Eliminando o Mofo e Odores Persistentes no Restaurante Coco Bambu em Fortaleza

Loja da Adidas passa a utilizar tecnologia Ecoquest contra odores

Inscreva-se em Nossa Newsletter

Ao se inscrever você concorda com os termos da Política de Privacidade